Até o Tucupi!!! Como resistir??!!

24/09/2016 às 10h09
fonte: imagem e divulgação internet

Ôpa, desculpem-me, salivei! E só de pensar em escrever sobre o tucupi, já me veio à cabeça o tacacá, o pato no tucupi... E como não?! Minha boca já enche d'água... 

Sim, meus amigos e leitores, até o Tucupi!! Expressão tão nossa e linda que adorooo!! Traduzido do pensamento popular, quer dizer até o topo, até o teto, cheio, lotado, transbordando e mais o que você imaginar... deixarei vocês imaginarem o que mais quer dizer. 

Mas vamos lá, falar desse líquido que para muito de nós da região do norte do Brasil, principalmente os Estados do Amazonas, Rondônia e Pará é a bebida dos deuses. 

Nos últimos anos vem despertando o paladar nacional e atenção de vários chefs importantes do país, como também de chefs internacionais. 

E antes de adentrar a esse fantástico ingrediente da culinária da região amazônica e de influência indígena, o tucupi é um tempero típico da região. O caldo da mandioca que é extraído e depois cozido por várias horas, (pois é venenoso, devido a presença do ácido cianídrico), e só depois desse processo de fervura poderá ser utilizado e consumido. O resultado é um caldo amarelo, versátil, com uma acidez inconfundível  e um aroma penetrante, se tornando um dos ingredientes mais famosos de várias culinárias da região amazônica.

Afinal, agora que falei um pouquinho sobre esse líquido dos deuses, a pergunta que não quer calar: O tucupi como ingrediente alimentício engorda ou pode fazer mal??? 

É comum muitas pessoas pensarem que sim! 

Mas para inicio de conversa, segundo os nutricionistas, é bom desmitificar que o alimento ''x'' ou ''y'' vai impactar ou não em um aumento de peso, o que vai alterar isso é a quantidade do alimento que será consumido em excesso. 

Para responder a pergunta que não quer calar, o tucupi, segundo estudos, tem 29,14Kcal em (100g). 

E para os amantes de tacacá e de outras iguarias preparada com a bebida, os estudos mostram que podem tomá-lo sem se preocupar com o excesso de calorias. Isso porque, na verdade, o excesso não existe, portanto se quebrou o mito do alto valor calórico dessa iguaria na culinária amazônica. 

O estudo demonstrou que em uma cuia de tacacá tem em média apenas 123 Kcal; enquanto o consumo calórico recomendado para pessoas adultas no jantar é de 1.200Kcal. 

Demonstraram também que o tucupi é um alimento saudável que pode ser consumido por qualquer pessoa, com cuidados para quem apresenta diabetes, hipertensão ou problemas gástricos, devido a acidez do tucupi. Além de não apresentar problema para quem não quer engordar ou está de dieta. 

Não esqueça que o bom senso na alimentação é muito importante e para maiores informações e cuidados com a alimentação procure sempre um profissional habilitado. 

E agora que tal dar um grau na sua refeição e fazer uma receita com tucupi, hein??!! 

Bom appétit