Série Com a boca no mundo: Afta

11/04/2018 às 08h04
fonte e imagem internet

Há vários tipos de enfermidades bucais. A ferida na boca pode indicar diversas patologias de origens distintas, como traumáticas, infecciosas, sistêmicas ou neoplásicas. Entre as mais comuns estão as aftas, e conforme pesquisas, cerca de um terço de toda a população sofre ou sofrerá com algum tipo de ferida ou lesão bucal em algum momento de sua vida. 

Contudo, as irritações e inflamações bucais podem ser muito dolorosas e dificultar a ingestão de alimentos e na fala. 

Aftas são inflamações pequenas e brancas cercadas por uma área avermelhada e bastante dolorosa. Geralmente pode ser tratada pela própria pessoa e se resolve em um prazo de 7 a 14 dias. 

As aftas não são contagiosas, não requerem exames de imagem ou laboratoriais, mas muitas vezes são confundidas com herpes - causado por um vírus contagioso. 

As aftas ocorrem dentro da boca, principalmente em mucosas, enquanto o herpes aparece do lado de fora da boca, por exemplo no canto dos lábios. Podem sumir e reaparecer, também podem ser pequenas ou grandes e aparecer agrupadas ou isoladas. As aftas são comuns e recorrentes. 

Embora sua causa seja incerta, especialistas acreditam que sua causa esteja relacionada a problemas do sistema imunológico, a bactérias ou a vírus. 

Fatores como o estresse, trauma, alergias, cigarro, deficiências de ferro ou vitaminas e tendências genéticas também tornam a pessoa mais susceptível às aftas. 

O tratamento se faz através de prescrições do especialista com medicações tópicas como pomadas analgésicas e anti-inflmatórias, com o objetivo de diminuir a dor e acelerar a cura. A laserterapia de baixa potência vem apresentando resultados promissores como terapia auxiliar. 

Nunca tente nada por conta própria, já é esperado que todo mudo tenha um conselho ou técnica infalível para fazer a afta desaparecer em pouco tempo. Mesmo que a dica seja aparentemente inofensiva, opte por consultar um especialista ao invés de arriscar a sua saúde. Somente o seu medico ou dentista é capaz de diagnosticar o que pode estar por trás desse problema, indicando a forma mais adequada para combatê-lo. 

Procure seu dentista regulamente!